main_title

Desde os primórdios das redes de computadores, um dos objetivos sempre foi tornar fácil a configuração de acesso, mesmo depois da popularização da internet este conceito permanece ativo. Ocorre que em alguns momentos é necessário efetuar essa configuração manualmente por razões de controle, segurança ou mesmo por motivos pessoais. Mesmo com a padronização do protocolo IP (internet protocol – protocolo de internet) a dúvida surge quando é preciso alterar as configurações automáticas, por não existir um manual universal para essa atividade. Ainda que utilizando o Windows 10 como exemplo, pode-se aplicar este conceito para versões anteriores do Windows pela semelhança em algumas etapas porém é interessante antecipar ser uma alteração possível apenas em usuário administrador que embora nos computadores domésticos sempre exista um, pode ocorrer em ambientes profissionais dessa alteração estar vinculada aos profissionais de TI.

1. Utilizando o ambiente Configurações para modificar o endereço IP no Windows:

Considerando no novo ambiente visual do Windows 10, provavelmente será a maneira mais fácil para alterar o endereço IP no computador ou notebook :

Pelo aplicativo de configurações: para acessar rapidamente esse conjunto de utilitários basta pressionar a combinação de teclas windows+I quase simultaneamente, senão clique no novo botão iniciar e digite configurações para visualizar e clicar nesse ambiente. Agora disponível, localize e clique na categoria Rede e Internet.

imagem1

Aqui considerando apenas duas das opções de rede disponíveis do lado esquerdo da janela, procure e selecione o tipo de rede que precise alterar. O tipo Ethernet será quando estiver conectado por cabo RJ45/LAN (Local Area Network – Área de Rede Local), já usando a rede sem fio será o item Wi-Fi .

imagem2

Adotando como exemplo o modelo Ethernet, no lado direito da janela dê um clique simples no indicador de rede conforme imagem abaixo.

imagem3

Aberta a próxima janela, desça gradativamente pelas opções até localizar a seção indicada Configurações de IP. A seguir outro clique simples em Editar, depois em Atribuição de IP.

imagem4

Na próxima janela será exibida a caixa de diálogo Editar configurações de IP. Enfim chegamos ao item de configuração que permite alterar o endereço IP do computador ou outro dispositivo utilizando o Windows. Aqui é bem provável que esteja definido como Automático (DHCP), utilizado por padrão onde o computador busca automaticamente o endereço de rede conhecido como IP dinâmico, normalmente recebendo esta configuração do roteador em ambientes domésticos ou em pequenas redes locais.

imagem5

Continuando nossa apresentação explicando como definir o próprio endereço de rede IP (estático), selecione a opção Manual e ative os protocolos IPv4 e opcionalmente o IPv6, dependendo dos quais precisa/deseja utilizar. Atente-se que cada um deles possui o próprio endereço IP, isto pelo protocolo IPv4 utilizar apenas número enquanto o protocolo IPv6 ser uma combinação hexadecimal (letras e números) com pouca possibilidade de utilização de maneira manual, por isso costuma ser automaticamente definido junto com o IPv4.

imagem6

Para modificar endereço IP como estático (ou IP fixo) e independentemente de atribuir para ambos os protocolos IPv4 e IPv6, é necessário complementar com as seguintes configurações:

imagem7

  • Endereço IP: combinação dividida em quatro grupos de 3 números limitados de 0 a 9. Neste exemplo utilizamos apenas o protocolo IPv4 para o endereço de rede 192.168.25.120.
  • Comprimento do prefixo da sub-rede: informe neste campo a combinação do prefixo que determina o tamanho da sub-rede. Por padrão a maioria dos roteadores principalmente domésticos já estão configurados para utilizar uma máscara de sub-rede pré-definida em 255.255.255.0 indiferente de utilizarmos IP fixo ou IP dinâmico numa rede, no caso de configurar manualmente o endereço IP é necessário informar também esse comprimento do prefixo da sub-rede com o valor 24 (número de 1 bits na máscara de rede). Numa configuração para máscara de sub-rede em 255.255.0.0, este comprimento do prefixo seria 16.

  • Gateway: é o recurso que fará o direcionamento da rede interna para a internet, sendo neste caso o roteador que aqui tem como configuração padrão o endereço 192.168.25.1.

Mesmo em configurações manuais a definição dos servidores DNS preferencial e DNS alternativo não costumam ser obrigatórias, isto por mesmo sem esta informação elas serem atribuídas automaticamente pelo roteador ou outro aparelho/recurso que controle a distribuição de rede.

Depois de informar essas configurações, basta clicar em Salvar para que o novo endereço IP seja alterado pelo Windows.

imagem8

DICA: Quando optar por utilizar um endereço IP estático (ou fixo), confirme ter preenchido todos os outros campos obrigatórios e de maneira correta, caso contrário o computador/notebook ou outro dispositivo perderá a comunicação com os outros aparelhos e principalmente com a internet. Neste caso basta retornar à tela de configuração já citada, alterando novamente para Automático (DHCP), depois de salvar as alterações o próprio Windows se encarregará de renovar a conexão e restabelecer as comunicações de rede e internet.

2. Utilizando o Painel de Controle para alterar o endereço IP:

Aqui podendo ser utilizado em praticamente todos os Windows partindo da versão XP, podemos alterar as configurações de rede também pelo painel de controle. Relembrando seu acesso pelo menu iniciar e digitando painel de controle, também possível acessando o executar por windows+R e digitando control panel, em seguida clique no item Exibir status e as tarefas da rede pouco abaixo do título Rede e Internet.

Aberta a Central de Rede e Compartilhamento, localize e num clique simples para abrir o recurso Ethernet (exibido quando for uma rede LAN) ou Wi-Fi  (exibido para redes sem fio).

Exibida a janela Status de Ethernet (ou Wi-Fi), siga clicando no botão Propriedades logo abaixo mas repare, há o símbolo característico do escudo indicando acesso apenas quando for administrador, caso em que surgirá outra janela solicitando o respectivo usuário e senha.

Agora na janela Propriedades (Ethernet ou Wi-Fi), localize e selecione com um clique (tendo cuidado para não desmarcar o item) o objeto Protocolo IP Versão 4 (TCP/IPv4), caso necessário configurar também o Protocolo IP Versão 6 (TCP/IPv6), é só retomar daqui após terminar esta configuração então selecionando este protocolo já que ele pode nem estar instalado em alguns casos.

Seguindo em diante, para o IPv4 clique no botão Propriedades.

A próxima janela exibida será para mais configurações do Protocolo IP Versão 4 (TCP/IPv4) ou Protocolo IP Versão 6 (TCP/IPv6), dependendo da escolha anterior, chegando finalmente ao lugar para alterar o endereço IP que deseja/necessita.

Se estiver utilizando as configurações automáticas para rede, certamente verá nesta tela as opções definidas como Obter um endereço IP automaticamente e Obter o endereço dos servidores DNS automaticamente

Para definir outro endereço IP de rede deixando estático (ou fixo), clique na opção Usar o seguinte endereço IP. Aqui também é necessário informar a máscara de sub-rede e o gateway padrão mas sem a necessidade de informar o comprimento do prefixo da sub-rede, deixando opcional também as configurações para os Servidores DNS preferencial e alternativo.

Para manter as novas configurações de endereço IP, basta clicar sequencialmente nos botões OK de cada janela previamente aberta até fechar todas elas, mantendo as devidas atenções da configuração anterior e aguardando o Windows atualizar os vínculos de rede.

3. Utilizando os ambientes PowerShell ou o Prompt de Comando (CMD) para alterar configurações de rede:

Com o hábito em definir configurações, por muitos usuários é percebido as vantagens de aplicar essas alterações no ambiente conhecido como linha de comando, deste conceito temos dois recursos de muita e habitual importância conhecidos como Prompt de Comando existente desde o Windows 95 e o PowerShell sendo um pouco mais recente e possuindo versões por conta das suas funcionalidades.

Ignorando suas diferenças mais específicas ambos podem ser utilizados, pelo menu iniciar e digitando PowerShell e selecionando executar como Administrador (Admin) mesmo que já seja administrador ou pelo botão direito no mesmo menu iniciar, já o CMD será apenas pelo menu iniciar e digitando CMD. Aqui usando o PowerShell que depois de iniciado digite o comando netsh interface ip show config seguido de enter. Identificar nos resultados exibidos o adaptador de rede que esteja conectado (afinal, num notebook podemos ter ambos - Ethernet e Wi-Fi - ativos mas apenas um em uso/conectado), aqui temos ativa e conectada a Configuração da interface “Ethernet”.

Prosseguindo com a definição para o endereço IP estático (fixo), o parâmetro para utilização é: netsh interface ip set address name = “interface de rede” static [endereço IP] [Subnet Mask] [Gateway] sempre seguido de enter para executar, substituindo os campos [endereço IP] [Subnet Mask] e [Gateway] pelos endereços correspondentes que deseja configurar. Neste exemplo iremos alterar para o endereço IP de rede para 192.168.25.120 que resulta na seguinte linha de comando: netsh interface ip set address name = “Ethernetstatitc 192.168.25.120 255.255.255.0 192.168.25.1 [enter].

Para restabelecer a configuração padrão e automática senão por uma alteração errada que deseja retomar do início, basta digitar o seguinte comando: netsh interface ip set address “Network Interface Name” dhcp. Novamente substituindo o parâmetro Network Interface Name pelo nome da interface de rede em uso. Ainda neste exemplo teremos o comando: netsh interfase ip set address “Ethernet” dhcp [enter]. Em ambos os casos para confirmar as alterações repita o comando que consulta as configurações atribuídas netsh interface ip show config pois os comandos só retornam erros de execução.

Conclusão

Um dos inúmeros recursos no Windows é reconhecer e atribuir automaticamente muitas configurações necessárias para sua utilização, sejam eles novos periféricos ou de ambientes de rede e neste caso, as conexões de rede tornaram-se fáceis de utilizar pois ele costuma identificar e disponibilizar o que for encontrado e tiver permissão para utilização. Mesmo com tantas facilidades podem ocorrer situações onde os ajustes automáticos não funcionam ou precisam ser modificados por diversas questões como segurança local, um ambiente de rede específico ou até mesmo para laboratórios de aprendizado.

Este artigo tem como interesse apresentar de maneira simples três maneiras de aplicar essas configurações, mesmo sabendo que dependendo do ambiente de rede existam ainda mais definições necessárias, por abordar o ambiente doméstico ou pequenas redes é possível entender quais alterações, ao menos iniciais, são necessárias para permitir ou normalizar os acessos aos recursos de rede e também internet sem grandes problemas.





Conexões de Rede e Internet do Windows, configurando IP manualmente
Iperius Backup Brasil
*****************************************

PLEASE NOTE: if you need technical support or have any sales or technical question, don't use comments. Instead open a TICKET here: https://support.iperius.net

*****************************************

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

*****************************************

PLEASE NOTE: if you need technical support or have any sales or technical question, don't use comments. Instead open a TICKET here: https://support.iperius.net

*****************************************