O Iperius Recovery Environment é a ferramenta de restauração dedicada do Iperius Backup, que pode ser obtida diretamente do software e inicializado a partir de unidades USB ou CD/DVD/BD-ROM.
Além da função de restauração do backup do Iperius Drive Image (descrito passo a passo neste tutorial ), é possível usar esse ambiente para operações avançadas do sistema, incluindo a resolução de alguns problemas que podem ocorrer após a restauração de um backup.

Neste artigo, veremos como corrigir / reparar o carregador de inicialização do Windows em caso de erros ao iniciar o sistema operacional, usando instruções simples da linha de comando.
Antes de iniciar, verifique se você criou o Iperius Recovery Environment corretamente em seu suporte (USB ou CD-ROM), seguindo o tutorial apropriado.

Após inicializar o PC a partir do dispositivo USB (ou CD-ROM), inicie o prompt de comando clicando no ícone destacado (veja a figura abaixo)..

Iperius Recovery Environment - Main Window

Iperius Recovery Environment – Tela inicial

O prompt de comando clássico do Windows será aberto. Aqui você poderá usar os mesmos comandos da versão padrão incluídos nos sistemas operacionais Windows.
Agora digite o comando diskpart e pressione “Enter”. O lado esquerdo do console mudará, alternando do caminho em que você estava anteriormente (neste caso, X:\windows\system32) para a palavra “DISKPART“, mostrando que o utilitário de linha de comando foi carregado e aberto corretamente (conforme imagem abaixo).

Diskpart - First Run

Diskpart – Primeira Execução

Nesse ponto, use o comando list disk para obter uma lista dos unidades atualmente conectados ao sistema, juntamente com algumas informações básicas, como número do disco, tamanho e tipo de formatação (GPT ou MBR).
Agora você precisa identificar o disco no qual restaurou seu backup de imagem anteriormente, usando o tamanho e/ou o índice do disco como referência.
Depois de identificado, anote o número do disco e preste atenção ao tipo de formatação, verificando se existe um asterisco na coluna GPT: se presente, significa que o disco está formatado no tipo GPT, caso contrário, no tipo MBR.

Neste ponto, este tutorial será dividido em duas partes: continue na seção A) se o disco estiver formatado em GPT ou no ponto B) se formatado em MBR

A) Disco em formatação GPT

Se o seu disco estiver no formato GPT, o comando list disk (executado acima) produzirá um resultado semelhante à imagem abaixo. Obviamente, o resultado pode variar em relação a quantos discos estão conectados ao sistema.

Diskpart - List Disk

Diskpart – Listando Disco GPT

Dentro da caixa vermelha, você pode ver a saída principal do comando, enquanto na caixa amarela destacamos o disco onde um backup do Iperius Drive Image foi realizado.
Como indicado anteriormente, vamos prestar atenção ao disk number: precisamos dele para executar a próxima instrução de linha de comando.
Nesse caso, o disk number 0 (“zero”).

Agora, vamos executar o comando select disk X (onde X é o número do disco que vimos anteriormente) para selecionar o disco. Em seguida, execute o comando list partition.
A saída do comando será semelhante à mostrada na figura a seguir:

Diskpart - List Partition

Diskpart – Listando Partições GPT

No destaque você pode ver todas as partições no disco e as informações básicas relacionadas (índice, tipo, tamanho, etc.), enquanto em amarelo destacamos a partição do sistema (System), também conhecida como EFI .
O arquivo BCD ( Boot Configuration Data – Dados de configuração de inicialização ) é o arquivo a ser reparado para restaurar o carregador de inicialização do Windows e é armazenado dentro deste volume.
Vamos agora selecionar esta partição digitando o comando select partition Y (onde Y é o índice da partição, obtido diretamente da saída do comando anterior) e pressionando Enter.
Neste exemplo, o número da partição do sistema é 2, como você pode ver na imagem anterior.

Nesse ponto, é necessário atribuir uma letra à partição para identificá-la exclusivamente ao restaurar a inicialização.
Para fazer isso, digite o comando assign letter S e pressione Enter para continuar. O resultado deve ser semelhante ao seguinte:

Diskpart – Atribuindo Letra GPT

Dessa forma, você poderá acessar o volume relacionado à partição do sistema usando a letra da unidade S:.

Agora vamos identificar o volume em que o Windows está instalado.
Para fazer isso, vamos executar o comando detail disk. A instrução retornará a lista de todos os volumes dentro do disco (veja a imagem abaixo), além de uma série de informações básicas e avançadas sobre o disco.

Diskpart - Detail Disk GPT

Diskpart – Detalhe Disco GPT

Destaque em vermelho, você pode ver a saída completa do comando, em amarelo, o volume relacionado à partição do sistema é destacado (com a letra S que atribuímos anteriormente), enquanto o em verde você pode ver o volume em que o Windows está instalado.
Depois de identificar o volume do Windows (usando o tamanho e/ou o sistema de arquivos como referência), agora vamos prestar atenção à coluna “Ltr” : se não houver letra da unidade, será necessário atribuí-lo manualmente usando o comando assign letter . usado anteriormente.
Nesse caso, a letra da unidade está presente e é C : como maostrado na figura acima.

Neste ponto, você pode sair do utilitário Diskpart usando o comando exit .
A parte esquerda do prompt de comando retornará à exibição clássica e mostrará novamente o caminho do sistema em que começamos (X: windows system32).
Agora você pode rolar para baixo até a seção “Restoring de boot” para concluir o tutorial.

B) Disco em formatação MBR

Se o seu disco estiver no formato MBR, o comando list disk executado acima mostrará um resultado semelhante à imagem abaixo. Obviamente, o resultado pode variar em relação a quantos discos estão conectados ao sistema.

Diskpart - List Disk MBR

Diskpart – Listando Disco MBR

Destaque em vermelho, você pode ver a saída principal do comando, enquanto o em amarelo destacamos o disco onde um backup do Iperius Drive Image foi realizado.
Conforme indicado acima, prestamos atenção ao número do disco e o anotamos: precisamos executar a próxima instrução de linha de comando.
Nesse caso, o disco em questão é o número 0 (“zero”).

Agora vamos continuar e executar o comando select disk X (onde X é o número que você anotou anteriormente) para selecionar o disco, seguido pelo detail disk do comando.
A saída do comando será semelhante à mostrada na imagem a seguir:

Diskpart - Detail Disk MBR

Diskpart – Detalhe Disco MBR

A instrução retornará a lista de todos os volumes dentro do disco (em vermelho), além de uma variedade de informações básicas e avançadas sobre o disco.
Entre os volumes, destacados em amarelo, você pode ver o volume relacionado à partição do sistema (System Reserved).
O arquivo BCD ( Dados de configuração da inicialização ) é o arquivo a ser reparado para restaurar a inicialização do Windows e é armazenado dentro deste volume.
Para identificar esta partição, você pode usar o rótulo de volume: na maioria dos casos, será “System Reserved”, pois é criado por padrão durante a instalação do Windows.
Agora, vamos selecionar esse volume digitando o comando select volume Y (onde Y é o índice do volume, obtido diretamente da saída do comando anterior) e pressionando Enter.
Neste exemplo, o número do volume do sistema é 1, como você pode ver na captura de tela anterior.

Nota: em alguns ambientes Windows, a partição do sistema NÃO pode estar presente. Nestes casos, consulte a nota adicional n. 2 (no final do tutorial) para mais detalhes.

Neste ponto, vamos prestar atenção na coluna “Ltr” correspondente ao volume do sistema. Se vazio, será necessário atribuir uma letra de unidade à partição para identificá-la exclusivamente ao restaurar a inicialização.
Para fazer isso, basta digitar o comando assign letter=S e pressionar “Enter” para continuar. O resultado deve ser semelhante ao abaixo:

Diskpart - Assign Letter MBR

Diskpart – Atribuindo Letra MBR

Dessa forma, você poderá acessar o volume relacionado à partição do sistema usando a letra da unidade S :.

Agora vamos identificar o volume em que o Windows está instalado.
Para fazer isso, vamos voltar à lista de volumes que você obteve anteriormente do comando detail disk ..

Diskpart - Detail disk MBR

Diskpart – Detalhe disco MBR

Entre os volumes da lista, você deve encontrar aquele em que o sistema operacional está instalado, usando a etiqueta e/ou o tamanho como referência.

No detalhe vermelho, você pode ver a saída completa do comando, enquanto no verde o volume do Windows é realçado.
Depois de encontrar o volume, preste atenção novamente à coluna “Ltr”: se não houver letra da unidade, você deverá atribuí-lo manualmente pelo comando assign letter usado anteriormente.
Neste exemplo, a letra da unidade está presente e é C :, conforme mostrado na figura acima.

Por fim, você pode sair do utilitário Diskpart usando o comando exit .
A parte esquerda do prompt de comando retornará à exibição clássica e mostrará novamente o caminho do sistema em que começamos (X: windows system32).
Agora você pode rolar para baixo até a seção “Restoring the Boot” para concluir o tutorial.

Última fase: Restaurando a Inicialização

Após a seção A) ou B), chegamos à última fase deste tutorial: recuperação de inicialização.
Para fazer isso, basta usar o seguinte comando:

bcdboot C:\Windows /s S:/f ALL

Esta instrução copiará os dados de inicialização contidos na pasta C:\Windows no volume do sistema, gravando no arquivo BCD as informações que identificam o volume em que o sistema operacional está localizado.
Em caso de sucesso, a saída do comando será semelhante à mostrada na figura a seguir:

Boot recovery - bcdboot

Boot recovery – bcdboot

Diskpart - Assign Letter error

Diskpart – Erro ao Atribuir Letra

Para continuar, basta repetir o comando usando uma letra livre de qualquer tarefa.

² Em um sistema de disco do tipo MBR, pode acontecer que a partição do sistema não esteja presente. No entanto, é possível restaurar a inicialização simplesmente indicando a partição do Windows como uma partição ativa do sistema.
Para fazer isso, basta seguir as etapas acima para atribuir uma letra de unidade à partição do Windows, se ainda não houver uma atribuída (e obviamente pular a parte inteira da partição do sistema).
Antes de sair do diskpart, digite o comando active e pressione Enter (a partição afetada será a do Windows, como já foi selecionada anteriormente). Dessa maneira, o volume será reconhecido como a partição de inicialização/sistema.
Depois disso, deixe o diskpart e use o seguinte comando para restaurar a inicialização (no nosso exemplo, a letra C: foi atribuída à partição do Windows)

bcdboot C:\Windows /s C:/ f ALL

Comparado ao comando genérico, você pode ver como a partição do Windows é usada como uma partição do sistema (como a letra da unidade C: seguido do atributo /s).

(Inglês, Italiano, Alemão, Espanhol)



Restaurar/Reparar a inicialização do Windows com o Iperius Recovery Environment
Iperius Backup Brasil
*****************************************

PLEASE NOTE: if you need technical support or have any sales or technical question, don't use comments. Instead open a TICKET here: https://support.iperius.net

*****************************************

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

*****************************************

PLEASE NOTE: if you need technical support or have any sales or technical question, don't use comments. Instead open a TICKET here: https://support.iperius.net

*****************************************